• Central de atendimento 24h (011) 4780-5608
  • Setor funerário registra forte crescimento de cremações

    Em meio a pandemia causada pelo novo Coronavírus (Covid-19), a demanda por meios sustentáveis de sepultamento cresceu muito no Brasil. Com isso, a cremação como forma de despedida daquele ente querido que partiu passou a crescer consideravelmente.

    Esse movimento se dá, principalmente, pela grande oferta do serviço que hoje pode ser encontrado em todo o país, como também, pelas facilidades ofertadas. Isso porque atualmente uma cremação pode ser mais vantajosa em relação ao preço e praticidade do que um sepultamento tradicional.

    Outro fator que tem contribuído com o aumento pela procura das cremações são as limitações previstas pelos protocolos de segurança em relação aos sepultamentos das vítimas mortas em decorrência da pandemia.

    Tendência Mundial

    Esse movimento acompanha uma tendência mundial já consolidada em diversos países pelo mundo. Nos países da Europa, as cremações já superaram os sepultamentos tradicionais há algum tempo. Na Inglaterra, por exemplo, o número de cremações já está em sete para cada dez sepultamentos.

    A entrada em operação de novos crematórios em operação no Brasil colaborou pelo crescimento dessa prática no país. Hoje o Brasil já conta com mais de cem crematórios em operação, o que facilitou para o crescimento exponencial das cremações em nosso país.

    Mesmo não possuindo dados operacionais consolidados, o setor funerário do Brasil registra um grande crescimento das cremações, fato que é confirmado pelas maiores empresas de Death Care.

    O Grupo Zelo, por exemplo, que atua em oito estados e no Distrito Federal registrou nos doze meses contados a partir de junho do ano passado, um aumento de 347% no número de contrações de planos funerários com opção de cremação. Em junho do ano passado, o número de clientes que optaram pela opção de cremação era de 47,5 mil, mas esse número saltou para 165,0 mil em maio de 2021.

    Os benefícios da cremação explicam seu crescimento

    O Roberto Resende Toledo, Diretor de Necrópoles e Sustentabilidade do Grupo Zelo, informou que a opção pela cremação nos planos funerários não para de crescer. Isso ocorre de forma acelerada. Justamente porque o preço não é mais um impedimento para quem deseja esse tipo de serviço.

    De acordo com Toledo, o serviço de cremação também oferece um grande diferencial, que é a preservação do meio ambiente, pois a cremação é considerada uma forma limpa de sepultamento, não afetando o solo, nem o ar e nem a água. Esse fator também é um grande atrativo pela escolha da cremação por parte de muitas pessoas.

    O Diretor de Necrópoles e Sustentabilidade disse ainda que a diferença de preço entre a cremação é um sepultamento comum é muito pequena. Para se ter uma ideia, a diferença de preço entre a cremação e o sepultamento é de apenas R$10 mensais em planos funerários que cobrem até oito pessoas, independentemente do local onde os clientes residam.

    Outro fator muito atrativo nesses planos funerários com opção de cremação é que nas cidades que não possuem crematórios, o translado do corpo do falecido e a entrega das cinzas aos familiares é totalmente cobertas pelos planos.

    A cremação ainda pode ajudar na economia familiar em logo prazo, visto que ela não exige pagamento de custos de manutenção da sepultura, que são cobradas nos cemitérios.

    A pandemia trouxe mudanças

    Essa tendência de crescimento nas cremações no Brasil foi acelerada com a pandemia do novo Coronavírus. Pois as regras de sanitárias de saúde impedem a despedida de maneira integral, visto que a realização das cerimônias de despedidas ficam impedidas de serem realizadas de forma integral.

    Ficou proibido a abertura de urna, além disso, o tempo e o número de pessoas nos velórios ficou limitado. Isso tudo fez com que a deposição das cinzas se tornasse uma opção de cerimônia aberta a todos aqueles que precisavam se despedir de um amigo ou ente querido.

    Como já mencionamos, a cremação pode ainda nos oferecer vantagens ambientais muito valiosas em relação a preservação do meio ambiente. Sem falar que as cinzas podem ser guardas em um local escolhido pela família, podem ser divididas entre parentes, podem colocadas em um local que vai eternizar a memória daquele que se foi ou ainda podem ser utilizadas no plantio de uma árvore, pois assim sempre que olhar para ela, terá a lembrança da pessoa que se foi.

    Deixe um comentário