• Central de atendimento 24h (011) 4780-5608
  • O coronavírus é uma invenção para prejudicar a economia?

    Muitas teorias da conspiração surgiram com o surgimento do novo Coronavírus (Covid-19). Muitos dizem que o vírus foi um castigo de Deus, outros dizem que foi criado em laboratório para mudar o rumo da economia mundial e alguns mais acreditam em outras mais histórias absurdas sobre o surgimento dessa pandemia.

    Sem sombras de dúvidas, dentre as diversas teóricas existente, a que mais é plausível e repetida por algumas pessoas é que o novo Coronavírus foi criado com a intenção de prejudicar a economia mundial. Contudo, você pode se perguntar: mas qual é a relação entre o Coronavírus e a Economia.

    Desde que a pandemia da Covid-19 explodiu pelo mundo inteiro, as vozes dos cientistas passaram a ser bem mais proeminentes na mídia. As formas como esse vírus interage com o nosso corpo e os últimos avanços nas pesquisas em busca das vacinas que sejam eficazes são os maiores destaques tanto na TV quando na internet.

    Toda essa incerteza e informações que mudam a cada instante tem causado muita histeria e caos na economia mundial, derrubando bolsas de valores e economias consideradas estáveis pelo mundo. Sendo assim, a partir disso, surgiu essa teoria de que esse vírus foi criado para atrapalhar a economia mundial e, principalmente, os Estados Unidos.

    Vamos falar mais sobre esse assunto a seguir. Confira!

    Como e quando surgiu a pandemia do novo Coronavírus?

    Quando o novo Coronavírus surgiu na China, ninguém imaginava a proporção que chegaria essa crise de saúde que se espalhou pelo mundo se tornando a maior pandemia em muitos anos.

    Quando o vírus da Covid-19 começou a se espalhar pelo seu país de origem, a economia local já deu uma caída significativa, pois as incertezas eram muito grandes em relação ao potencial da doença.

    Por isso, a China ainda tentou amenizar a gravidade do novo Coronavírus no início, contudo, o esforço foi em vão, vista dimensão que ganhou o vírus, se tornando uma pandemia mundial.

    Justamente por causa disso, além da competitividade de mercado que passou a existir entre a China e os Estados Unidos, é que surgiu o primeiro boato de que a China havia criado esse vírus para tirar os EUA da hegemonia econômica mundial.

    Além disso, essa boato também se perpetua devido ao constante embate entre as ideologias capitalistas e comunistas, tendo em vista que esses dois países representam força mercadológica e ideologias políticas completamente diferentes. Vamos falar mais sobre essa teoria mais adiante.

    As consequências da pandemia do novo Coronavírus

    O Coronavírus começou a se espalhar pelo mundo, pois muitas pessoas infectadas saíram da China em direção a vários outros países, levando consigo o vírus.

    Com isso, muitos casos foram aparecendo em vários países e, a partir daí, as economias dos países abatidos pela doença também caíam, causando uma crise mundial.

    Os países da Europa considerados de primeiro mundo foram fortemente prejudicados, tanto na questão da saúde em si, quando na questão econômica.

    O fechamento do comércio e de empresas nos países atingidos pela pandemia mudou todo o cenário econômico, deixando milhares de pessoas desempregadas.

    Além, do problema da doença, surgia o problema do desemprego e da fome, principalmente em países em desenvolvimento, como, por exemplo, o Brasil.

    Mitos, lendas e negações acerca do novo Coronavírus

    O novo coronavírus não é uma invenção como muitos pregavam no início da pandemia. Isso porque surgiu no começo das notícias sobre esse novo vírus letal que se espalhava rapidamente, que toda essa história fosse apenas uma mentira inventada para assustar as pessoas.

    E apesar dos negacionistas, que quebraram a cara quando perceberam que o novo Coronavírus não era uma invenção, esse vírus se espalhou pelo mundo e afetou a economia mundial. Ainda sim os negacionistas insistem em espalhar mentiras, que vão desde histórias mirabolantes sobre a vacina, indo até o assunto do texto de hoje, que seria que esse vírus surgiu para prejudicar a economia global, sendo uma criação dos próprios chineses.

    Mas como todo mentira, uma hora ou outra, essas histórias acabam sendo desmentidas e caindo por terra. Sendo assim, não há nenhuma prova, além de teorias e fakenews, de que o novo Coronavírus tenha sido criado e usado para prejudicar a economia mundial.

    A Covid-19 no Brasil

    A pandemia da Coronavírus derrubou a economia global no ano passado e o Brasil não ficou imune a isso. O nosso país acabou sendo um dos mais afetados pelos abalos causados pelas restrições impostas à atividade econômica, pela queda de renda da população e adiamentos de investimentos e projetos empresariais e pessoais, que causaram abalos em toda a estrutura econômica do país.

    Isso tudo aconteceu, justamente, em boa parte por culpa desses negacionistas e disseminadores de fakenews que acabaram convencendo diversas pessoas a não acreditarem na seriedade dessa vírus, bem como auxiliariam a propagação de informações sem comprovação científica sobre tratamento precoce, inefetividade do uso de máscaras, dentre outros absurdos.

    Contudo, não podemos deixar também de dar crédito ao Governo Federal brasileiro, que no início da pandemia agiu com desdém e não auxiliou a população brasileira como deveria, inclusive demorando para tomar as medidas necessárias para se evitar a propagação da doença e amenizar o número de mortos, que atualmente ultrapassam mais de 500 mil vidas.

    Os impactos da Covid-19 na indústria, no comércio e na prestação de serviços

    Para conter o avanço da Covid-19, várias medidas tiveram que ser tomadas, dentre elas: a quarentena e o isolamento social, que acabou fazendo com a economia caísse de forma muito significativa. 

    Inicialmente, a indústria foi o setor mais afetado da economia, pois somou uma redução brusca na demanda com a paralisação da produção. A partir do ponto mais crítico da crise, entre abril e maio, os setores da economia tiveram suas retomadas em dinâmicas diferentes. 

    Para que houvesse uma mudança no cenário econômico do Brasil, foram criadas pelo governo, tardiamente, políticas de incentivo fiscal e preservação do emprego, que beneficiou levemente a indústria e o comércio de bens de forma paliativa.

    Contudo, o comércio teve suas atividades interrompidas e muitas lojas acabaram sendo fechadas, pois não receberam auxílio algum do governo. Por sua vez, os trabalhadores autônomos e prestadores de serviços também foram prejudicados, porque tiveram que parar os seus serviços e sobreviver com um auxílio emergencial baixo.

    Mercado de trabalho em tempos de pandemia

    Mesmo com as medidas de auxilio realizadas pelo governo, a taxa de desemprego cresce a cada mês. Para piorar a situação, as pessoas que perderam o emprego por conta da pandemia estão tendo que se virar de alguma forma e saindo de casa para buscar novas oportunidades. 

    E com o relaxamento das medidas de segurança e redução do valor do auxílio emergencial, tudo isso piorou ainda mais a situação da saúde pública no Brasil, como também, da situação econômica, que se encontra gravemente afetada.

    Esses problemas econômicos afetam a sociedade brasileira que acabam ficando insatisfeitos com o governo. Sendo assim, os negacionistas e adeptos do governo, por sua vez, surgem com essas teorias mirabolantes para desviar o foco das pessoas da verdadeira situação: má gestão política e econômica.

    Nesse contexto é que surgem tais teorias para mascarar a incompetência dos nossos políticos, que falam que o novo Coronavírus é uma invenção para destruir a economia mundial e brasileira, sendo que na verdade essa situação não passa de um fenômeno natural que sempre pode acontecer, assim como aconteceram outras pandemias ao decorrer da história mundial.

    Estar em crise econômica numa situação dessas é completamente normal, não é culpa de governo nenhum, afinal, a maioria dos países do mundo sofreram e ainda estão sofrendo com a Covid. Entretanto, a forma como se lida com a pandemia e como se decide amenizar os seus impactos, é culpa sim do governo, bem como as diversas vidas perdidas, que poderiam ter sido reduzidas consideravelmente se não houvesse uma má gestão de toda essa crise.

    Deixe um comentário