• Central de atendimento 24h (011) 4780-5608
  • Você sabe o que significa “meus pêsames”? Aprenda agora!

    Para saber o que significa “meus pêsames” é preciso fazer uma viagem pela Língua Portuguesa. Tem disposição? Leia a seguir!

    A ideia deste artigo é que consigamos entender o que significa “meus pêsames” em sua origem. Essa expressão se incorporou tão bem entre os falantes brasileiros que a usamos cotidianamente sem saber a ação que está por trás da fala e nem o seu contexto histórico, social e filosófico.

    Assim, para investigar os sentidos de uma palavra é preciso ter em vista uma série de questões.

    Primeiramente, que os indivíduos fazem uso da língua para realizar absolutamente todas as tarefas. A partir do momento que a adquirimos, a língua passa a fazer parte de quem somos.

    Além disso, a palavra “pêsames” tem essa forma no Brasil contemporâneo como resultado de anos de mudanças linguísticas, que se sucederam por conta dos ajustes que os falantes de português foram fazendo com o uso da língua ao longo de gerações.

    Benefícios Sociais Renda Extra

    Por último, toda palavra significa uma ação no mundo, toda expressão depende de uma construção cultural, social, política, histórica e filosófica. Ou seja, a língua está em função do sujeito que vive em sociedade e em constante mutação.

    Como disse o filósofo John Austin, dizer é fazer. Então, o que fazemos quando desejamos condolências através de um “ato de fala”? O que significa “meus pêsames”? Descubra agora neste artigo. Boa leitura!

    Outro artigo que pode ser de seu interesse: Palavras de conforto para encontrar a paz.

    Como se formou a expressão?

    Atualmente, os brasileiros usam “meus pêsames” como uma expressão fixa. Ela é invariável, ou seja, o seu sentido específico só acontece quando ela apresenta essa forma: 

    No entanto, o substantivo “pêsame” nem sempre existiu, ou melhor, funcionava de outro jeito dentro da frase e foi se adaptando conforme os séculos foram passando.

    Em um português antigo, condolências eram prestadas com o verbo “pesar”. No sentido de “peso” mesmo, de causar sofrimento. A expressão era “Isto pesa-me”. Podíamos encontrar frases como “Meus sentimentos, tua dor pesa-me”.

    A construção do substantivo “pêsame” é uma influência do espanhol, que usava e usa a expressão “mi profundo pésame”, apresentando a mesma estrutura que vemos hoje no português brasileiro.

    Assim, a formação da expressão não é somente uma questão de pronúncia, a mudança da função gramatical da palavra está relacionada também com uma alteração dos usos sociais que se fazem dela.

    Vejamos a seguir que usos são esses.

    Para aprofundar-se no assunto de como lidar com a morte, recomendamos a seguinte leitura: Como aceitar a morte?

    O que significa “meus pêsames”?

    No dicionário, temos o verbete “pêsames”, desacompanhado de seu fiel parceiro o pronome “meus”. 

    É raro que palavras no plural tenham uma entrada reservada nos dicionários. Mas essa tem, exatamente porque “pêsames” é a forma recorrente entre os falantes, sendo o termo base “pêsame” pouco empregado, de maneira que o sentido que envolve a expressão é possível, em sua totalidade, a partir da pluralização.

    Segundo o dicio.com:

    Pêsames

    substantivo masculino plural

    • Manifestação de pesar, de tristeza: mensagem de pêsames.
    • Condolências oferecidas a alguém pela morte de um ente querido: meus pêsames pelo falecimento de sua mãe.
    • Compaixão oferecida a alguém em razão de sofrimento ou infortúnio que esta pessoa esteja passando: meus pêsames pelo seu sofrimento.
    • [Gramática] Embora não se configure erro, esta palavra raramente tem sido usada no singular.

    Assim, a palavra é usada para demonstrar simpatia/empatia quanto a dor de alguém diante da morte. É uma manifestação de acolhimento, de compartilhamento do sentimento de luto.

    O uso da palavra no singular

    Quanto à “pêsame” é facilmente substituível por “condolência”. A diferença entre o plural e o singular está na intensidade do que é dito

    Dizer “meus pêsames” é uma oferta de solidariedade. Enquanto “pêsame” está mais voltado para designar o ato em si, por exemplo: “O pêsame foi prestado nessa manhã”.

    No entanto, esse significado não funciona muito bem entre os brasileiros, que usam, em situações como o do exemplo acima, a palavra “condolência” como sinônimo. Veja: “A condolência foi prestada nessa manhã”.

    Qual a relação entre o significado de“Meus pêsames” e o comportamento social?

    Se pensarmos em uma filosofia linguística, ou seja, se analisarmos o termo em um nível comportamental, percebemos que o sentido original da expressão perdeu-se no tempo.

    A transformação do verbo em substantivo faz com que a ideia de solidariedade da ação verbal “pesa-me” perca um pouco sua intensidade. 

    Em outras palavras, quando dizemos algo como: “Pesava-lhe o fato de que muitos brasileiros morreram por covid-19 em 2021”. 

    Perceba que essa é uma ação que modifica o sujeito, está diretamente relacionada a ele, o sofrimento pela perda constitui aquela pessoa.

    Agora, quando dizemos: “Ofereço os meus pêsames a todas as famílias das vítimas do coronavírus”. 

    É uma oferta, os pêsames é algo que se pode transferir de lugar, é apenas uma convenção social, uma demonstração de empatia que se faz necessária por conta do que convencionou-se ser adequado em determinada comunidade.

    Assim, a cristalização da expressão “meus pêsames” significa uma alteração no comportamento social das pessoas diante da morte. Tornou-se corriqueiro oferecer condolências, mesmo que aquela dor não pese de fato ao falante.

    Há, assim, um afastamento entre a ação e aquele que fala (o locutor). De maneira que o sofrimento diante da morte não faz parte desse locutor, não pesa a ele diretamente, mas ele demonstra que reconhece a dor do outro, é um ato de respeito.

    Você pode encontrar informações sobre a pandemia do coronavírus no artigo: Tudo o que você precisa saber sobre sepultamento em tempos de Covid-19.

    Sinônimos da palavra “pêsames”

    Um dos sinônimos mais próximos da expressão “meus pêsames” é “minhas condolências”, são diretamente substituíveis e funcionam da mesma forma, para realizar o mesmo objetivo.

    Ainda assim, sendo “pêsames” um substantivo, há outros termos possíveis para elaborar o mesmo ato de fala:

    • Meus sentimentos pela sua perda;
    • Soube de sua perda e quero ofertar minhas condolências.

    Agora, o sentido original, com o verbo “pesar”, ainda é possível de ser construído, embora com outros verbos de ação. Isso porque definitivamente ninguém fala mais frases como “Pesa-me muito o ocorrido”, a não ser em situações muito específicas e com alto grau de formalidade.

    Para trazer essa dor para mais próxima de nós e especificar que aquela morte também nos modificou diretamente, são usados os verbos “lamentar” e a expressão “sentir muito”:

    • Lamento muito o ocorrido;
    • Sinto muito pelo ocorrido;

    Percebe que a utilização do verbo torna a frase mais pessoal, mais íntima do que o uso corriqueiro de “meus pêsames”?

    Podemos concluir, então, que a demonstração de respeito embutida no termo “meus pêsames” é recomendável para situações formais, em que não se tem uma relação muito próxima com aquele com quem se fala (interlocutor).

    Enquanto o uso da forma verbal cria um ato que parte de quem fala, criando proximidade entre os sentimentos do locutor e do interlocutor.

    Leia também: Quais são as palavras de conforto para amenizar a dor do luto?

    Outra palavra semelhante

    Além do verbo “pesar” que ainda possui esse sentido de causar tristeza, embora pouco usado em situações de condolências, temos também o substantivo “pesar”.

    Esse substantivo é diferente de “pêsames”, este é atribuído especificamente em situações relacionadas com a morte, ou em seu sentido irônico, como: “Você vai casar? Meus pêsames!” ou ainda “Meus pêsames por você ter que trabalhar naquela empresa”.

    Já “pesar” também significa um sentimento de tristeza, mas tem um uso mais abrangente, as duas palavras não são sinônimos!

    Vejamos o que diz o dicionário:

    Pesar

    substantivo masculino

    Sentimento de tristeza, comiseração, pena: “com muito pesar, ofereceu seus pêsames.”

    Sensação de mágoa ou de remorso por ter se arrependido de: “tinha pesar por ter dito o que disse.”

    Não se oferece o pesar, oferece-se os pêsames, o pesar tem um significado próximo, expressa também um sentimento negativo, mas não está exclusivamente relacionado ao luto e à morte.

    Temos, inclusive, uma expressão muito popular que é “apesar dos pesares”, em que o substantivo também se fixa na forma plural. Exemplo: “Apesar dos pesares, mantenho-me firme”.

    É adequado usar “meus pêsames”?

    O distanciamento que a expressão cria em relação ao sentimento de dor do outro faz com que esvazie-se seu significado.

    Afinal, em que você está contribuindo ao dizer simplesmente “meus pêsames”? Parece corriqueiro, raso, pouco engajado. A pessoa que acabou de perder alguém e está sendo obrigada a enfrentar o luto sentir-se-á de fato acolhida com um simples “meus pêsames”?

    Se antes “pesa-me” significava um compartilhamento da dor, a oferta de um ombro amigo e uma demonstração de empatia, o “pêsames”, de tão comum, já não carrega consigo tal significado. 

    Resume-se a um contrato social, em que o locutor demonstra sua presença e mostra que está sabendo da morte e do luto por que o outro passa.

    Dependendo da situação, isso basta. No entanto, se você pretende acolher um amigo e ser realmente empático com o sofrimento dele, essa não é a expressão mais indicada.

    Como disse Santo Tomás de Aquino, traduzido do latim: 

    “[…] a tristeza é como um fardo pesado que se torna mais leve para carregar, quando compartilhado por muitos: daí que a presença dos amigos seja tão apreciada nos momentos de dor.”

    Faça mais do que prestar condolências

    Assim, você pode até expressar-se com “meus pêsames”, adequando-se às convenções sociais. Mas leve sua ação adiante, aja de acordo com sua palavra e ofereça meios para que aquele que sofre com a dor da morte encontre em você um ponto de apoio.

    Você nem precisa ser extremamente próximo àquela pessoa para fazer isso. Observe um exemplo de demonstração de afeto e condolência no artigo: Cliente recebe gesto de carinho de Pizzaria após perder sua mãe para o COVID-19.

    Já que, a palavra tem poder e é uma ação no mundo, significa a maneira com que você se comporta diante dos outros. Use-a com consciência!

    Gostou do conteúdo? Agora que você já sabe o que significa “meus pêsames”, acompanhe o nosso blog e tenha acesso a muitos outros assuntos importantes como este!

    Leia também: Conheça uma lista de músicas de luto que ajudam a superar a perda.

    Deixe um comentário