• Central de atendimento 24h (011) 4780-5608
  • Quais são as 5 fases do luto?

    As 5 fases do luto sempre estão presentes durante a perda de algum familiar ou amigo. Elas não tem uma ordem cronológica e podem ser vividas de maneiras e intensidades diferentes.

    O luto é quando perdemos alguém querido e precisamos lidar com isso. Ele pode ser rápido ou demorar dependendo de cada pessoa, das suas vivências e tudo que sentiu durante a sua vida.

    Normalmente o luto acontece desde o dia que se perde um ente querido, até quando a pessoa consegue voltar para o mundo externo e continuar a sua vida.

    Para passar por ele, existem algumas fases, chamadas de as 5 fases do luto. Quer saber quais são elas? Continue lendo que vamos explicar para você sobre cada uma delas!

    Saiba mais sobre as 5 fases do luto!

    O luto é um momento de tristeza profunda e de recolhimento, como uma experiência individual e profunda para que se possa aprender a lidar com as perdas.

    Consulta Gratuita Benefícios Sociais

    Dessa forma, cada pessoa reage de uma maneira no período do luto, dependendo das suas vivências e estrutura emocional. Com isso, a duração do luto varia de pessoa para pessoa. 

    Alguns conseguem compreender e dimensionar o quanto a perda de alguém faz parte da vida e que precisa superar isso. Já outras, precisam até de ajuda médica para conseguir sair da dor do luto intenso que se formou dentro dela.

    Isso pode acontecer mesmo quando a pessoa está rodeada de pessoas queridas e palavras de conforto, porque é realmente muito difícil passar por tudo isso e pela dor do luto que causa tantas mudanças e uma mistura de sentimentos e emoções.

    Porém, independentemente disso, existem 5 fases do luto que normalmente as pessoas passam, que são as seguintes:

    1 – Negação e isolamento

    A primeira fase do luto é a negação e o isolamento, que acontece a partir da notícia da morte da pessoa querida.

    Dessa maneira, é o momento que a pessoa se acostuma com a notícia e com tudo que deve fazer agora, mas isso pode demorar um pouco e acaba acontecendo a negação da perda.

    É como se a pessoa esperasse que o ente querido pudesse entrar em qualquer momento pela porta e retornasse para a sua vida. 

    Sendo assim, ela não aceita e não acredita que a pessoa se foi, e pode ser mais difícil dependendo da proximidade que tem com quem faleceu, fazendo com que sinta mais falta dela e da sua presença.

    Dessa forma, essa fase pode vir através da ideia de uma negação da realidade e do que aconteceu, podendo ser silenciosa ou com desconfiança de algumas informações.

    Com isso, algumas pessoas acabam deixando a perda do ente querido como algo pendente, o que pode fazer com que demore ainda mais para sair dessa fase.

    2 – Raiva ou cólera

    É quando não se tem como negar a perda, aparecendo sentimentos, como a raiva, o ressentimento, a cólera. 

    Dessa forma, a pessoa acha que todos, inclusive Deus, são culpados pela sua perda. Com isso, todos esses sentimentos acabam dominando aquela pessoa.

    Não se pode negar que explosões de raiva e, até mesmo, frustração, são muito comuns quando se perde um ente querido.

    Por isso, essa fase pode ser passageira ou pode persistir, causando problemas nos relacionamentos da pessoa, demonstrando mau-humor, indisposição e falta de empatia. 

    3 – Negociação ou barganha

    Na fase de negociação, a pessoa quer tentar fazer tudo para que as coisas voltem a ser como eram antes e, assim, não sentir dor e nem perder ninguém. Algumas pessoas mais religiosas, fazem até promessas.

    Portanto, é como se a pessoa manifestasse a imaginação temporária, como se conseguisse reverter a perda e evitar a dor do luto.

    4 – Depressão

    Nessa fase, ocorrem sentimentos de solidão, saudade e debilitação. Ou seja, acontece uma grande necessidade de isolamento, no qual a pessoa chora sempre. 

    Além disso, ainda sente tristeza, medo, desolação, angústia e fica sem esperança nenhuma com a vida e tudo que tem.

    Pois, tudo parece desinteressante e sem sentido e a pessoa sente um vazio profundo e uma tristeza sem tamanho.

    Aqui é importante o apoio psicológico para auxiliar na superação do luto e dessa fase.

    5 – Aceitação ou Resiliência

    Na fase de aceitação, a pessoa finalmente aceitou a perda e todas as fases anteriores. 

    É quando a pessoa aprende a lidar com a dor e o sofrimento e consegue seguir o seu caminho sabendo que vai ficar tudo bem.

    Dessa maneira, todos os sentimentos não bloqueiam mais que a pessoa continue a sua vida, porque ela consegue aceitar tudo o que aconteceu.

    Chega o momento em que a tristeza não é mais tão profunda e a saudade se torna tranquila, como a paz, com a sua aceitação da perda e tendo resiliência diante da morte.

    Algo que é extremamente necessário para qualquer pessoa que passou por esse momento de dor e sofrimento para que comece a reorganizar a sua vida.

    Quanto tempo demora para passar pelas 5 fases do luto? 

    O luto, em si, não tem um tempo para passar, porque depende de cada pessoa, assim como para cada uma ele tem uma intensidade diferente. 

    Isso também serve para as 5 fases do luto, que não tem um tempo específico para passar e nem para que elas possam se manifestar na pessoa.

    Tudo vai depender de como a pessoa é e tudo que ela viveu durante a sua vida e, claro, pela proximidade que tinha com o ente querido que se foi.

    Por isso, não se pode saber o tempo certo para passar pelas fases do luto e quanto tempo cada uma delas pode demorar. 

    Além disso, as fases não tem uma ordem cronológica, ou seja, podem ser passadas de uma para outra sem uma ordem específica e também podem se misturar. Dessa maneira, uma pessoa pode viver duas fases ao mesmo tempo e pular alguma.

    O que se sabe é que em todas as fases do luto a esperança é um dos sentimentos mais comuns, independentemente de qual for.

    Deve-se levar em conta também como a pessoa vai passar pelas 5 fases do luto e dependendo disso pode precisar de uma ajuda psicológica

    Mas isso não significa que a pessoa vai esquecer do ente querido ou alguma coisa parecida, porque ela somente ajudará que a pessoa passe pelas fases do luto da melhor maneira possível.

    Então, é importante lembrar que a dor do luto, independentemente de qual fase a pessoa se encontra, não tem um tempo certo, podendo demorar três meses, um ano ou três anos.

    O importante para que isso passe logo é tentar superar a dor do luto estando perto das pessoas que você ama, fazendo as coisas que você gosta e sempre tentar seguir em frente.

    Gostou do artigo? Que tal compartilhar com outras pessoas para que elas comecem a entender as 5 fases do luto? 

    Deixe um comentário