• Central de atendimento 24h (011) 4780-5608
  • Conheça o significado de necrologia e saiba para que ele serve em nossa sociedade

    Você sabe qual é o significado de necrologia? Não? Pois é, pouca gente sabe, isso porque a ideia não é tão óbvia assim. Leia este artigo e desvende o mistério.

    Meio de comunicação impresso em que são publicadas necrologias.

    A ideia de necrologia há muito se perdeu. A primeira impressão que temos ao ler a palavra é que se refere a uma área de estudo, tal como biologia, astrologia, teologia. Mas não é bem por aí. Apesar da terminação, o significado de necrologia é ligeiramente diferente do de outras palavras semelhantes e com o mesmo final.

    Os assuntos sobre a morte e as áreas de estudos que a envolvem são todos um tanto misteriosos. Talvez porque se criou um tabu em relação ao limite da vida que faz com que as pessoas tenham medo da morte e evitem aprofundar-se em termos que contém o afixo “necro”.

    Assim, termos como “tanatologia” e “necropsiasão pouco explorados publicamente, ficando seus segredos reservados àqueles que trabalham profissionalmente nas áreas.

    Mas segredos para quê? Vamos encarar esse assunto que faz parte da vida de todos. Afinal, para morrer basta estar vivo e uma vida bem-informada é a melhor maneira de aproveitar o curto tempo que temos disponível nesse mundo.

    Está pronto para desvendar os mistérios das áreas de estudo e trabalho que se arriscam a lidar com a morte? Então, acompanhe este artigo e saiba tudo sobre o significado de necrologia e a diferença do termo diante de outros que são parecidos, porém, igualmente secretos.

    Aventure-se no universo das palavras, leia também: Você sabe o que significa “meus pêsames”?

    O que é necrologia?

    Os dicionários do português brasileiro apontam que necrologia é sinônimo de obituário. É uma relação de pessoas falecidas, uma lista ou uma notícia sobre pessoas que foram dessa para melhor. Assim, é um gênero textual próprio do meio editorial de revistas e jornais.

    A palavra é composta por dois afixos, ou seja, elementos que se unem para formar uma palavra nova. O significado de necrologia pode ser explorado ao se investigar os sentidos dos afixos separadamente, como veremos abaixo:

    O que significa necro-?

    Em primeiro lugar, temos o prefixo (afixo que se localiza no início da palavra) necro-. De origem grega, o elemento deriva de nekrós e significa morte ou cadáver. Temos muitas palavras no português contemporâneo que fazem uso desse prefixo, vê-se: “necrose”, “necropsia”, “necrofobia”, “necrografia”, “necromaquiagem” entre outros.

    O que significa -logia?

    Em seguida, temos o sufixo (afixo que se localiza no final da palavra) -logia. Igualmente de origem grega, é derivado de lógos, que possui significados diversos, alterando-se ligeiramente seu sentido de acordo com o prefixo com o qual se relaciona para formar uma nova palavra.

    Segundo o dicionário Priberam, -logia pode oferecer os sentidos de:

    • palavra;
    • discurso;
    • linguagem;
    • estudo;
    • teoria.

    Dessa forma, o significado de necrologia enquadra-se mais no sentido de linguagem, dado que, diferente de teologia – o campo de estudos da religião – não se refere a uma área de pesquisa, mas sim a um tipo textual, tal como simbologia, por exemplo, que pode ser tanto o campo de estudo dos símbolos, quanto um conjunto ou sistema de símbolos.

    Para ficar mais evidente, temos também a palavra cronologia, que não é simplesmente um campo de estudo, mas uma maneira de referir-se a organização temporal. 

    Semelhantemente, necrologia é uma maneira de organizar, através de textos, palavras e discursos, informações sobre a morte.

    Qual a relação entre necrologia e obituário?

    Obituário é o nome dado à seção de jornais e revistas que relaciona notícias sobre a morte

    Pode ser uma simples lista de nomes de pessoas falecidas no informativo anual de uma empresa, ou um obituário de pessoas famosas, trazendo informações mais completas sobre a fatalidade e prestando uma homenagem póstuma.

    diversos tipos de obituários, que variam a depender do local em que a notícia será publicada, o público-alvo daquele veículo de comunicação e o objetivo que se tem ao informar a morte de alguém – para fins informativos, para fins de homenagem.

    Independentemente da maneira de se reportar a informação, obituário e necrologia em nada se diferenciam. São palavras diferentes para designar o mesmo significado. 

    No entanto, obituário parece ser uma palavra mais agradável aos nossos olhos e ouvidos, portanto foi amplamente apropriada pelo meio editorial para que as notícias de morte estejam relacionadas a um termo mais ameno, menos tabu, digamos assim.

    Dessa forma, a palavra necrologia foi massivamente substituída por obituário nos meios de comunicação.  

    Quando se usa a palavra necrologia?

    A palavra necrologia fica reservada àqueles que trabalham profissionalmente nos noticiários sobre a morte. É um termo técnico, usado somente internamente no meio jornalístico, por exemplo: “notícias de necrologia”; “assuntos da necrologia”; “seção de necrologia”.

    Quando o termo sai da área técnica e passa para os olhos do público em geral, as boas práticas de publicidade divulgam apenas a palavra “obituário”.

    No entanto, o termo necrologia dá origem a outros termos, também usados por profissionais da área, os quais devemos conhecer se não quisermos estar sujeitos a interpretações inadequadas diante dos temas sobre a morte.

    Vejamos alguns deles:

    1. Necrológio

    Necrológio diferencia-se de obituário e necrologia, isso porque é um tipo de texto quase que literário, não noticioso como os outros dois.

    É mais apropriado para homenagens e diz-se de elogios, orais ou escritos, dedicados a uma pessoa falecida.

    O mais interessante de um necrológio é que podemos escrever um para nós mesmos, fazendo um exercício de autoconhecimento, desenvolvendo elogios sobre quem somos e quais de nossos feitos gostaríamos que fossem destacados depois de nossa partida.

    1. Necrólogo ou necrologista

    Necrólogo e necrologista são sinônimos. Indicam a profissão da pessoa, escritor ou jornalista, que escreve necrológios, obituários ou seções de necrologia.

    1. Obituarista

    Obituarista está para a função do jornalista que registra óbitos e redige obituários. Diz-se exclusivamente do profissional do meio jornalístico, de maneira que não se relaciona com textos literários ou homenagens mais aprofundadas – que seriam a função do necrologista.

    1. Elegia

    É um texto poético com padrões de métrica dos versos específicos. Sua característica mais marcante, no entanto, não é a forma, mas a temática, sempre desenvolvida em torno da melancolia e da tristeza.

    Seja um poema lírico ou uma música, uma elegia sempre está inserida no campo da literatura e é com essa categoria de poema que os escritores anunciam a dor da perda de um ente querido, desde os tempos mais antigos.

    Para não confundir: confira outros termos relacionados ao significado de necrologia

    Há outras palavras em língua portuguesa que se relacionam com o assunto da morte, mas que não têm a ver com o anúncio de um óbito nem com a função do escritor ou do jornalista. 

    Selecionamos dois deles que são frequentemente confundidos, mas que apresentam diferenças fundamentais para se compreender as diferentes áreas de atuação que envolvem a morte e o morrer.

    Assim, veremos que termos são estes e como eles se diferenciam do significado de necrologia. Confira:

    O que é tanatologia?

    Esse termo está diretamente relacionado com a área de estudos sobre a morte, de maneira que o sufixo -logia, nesta palavra, envolve um campo teórico. Uma área de atuação que se inclui nos estudos de tanatologia é a tanatopraxia, por exemplo.

    O prefixo tanato- deriva de thánatos, do grego, e significa morte. Assim, tanatologia é totalmente diferente do significado de necrologia, uma vez que envolve um campo de pesquisa, uma área de elaboração de conceitos

    Os conceitos desenvolvidos em tanatologia influenciam tanto a disciplina do Direito, que estabelece os termos da medicina legal, quanto a disciplina da Medicina, por determinar e descrever a natureza da morte e os sinais biológicos que indicam a eminência da morte.

    Confira um artigo que trata de outro conceito incluso nesse campo de estudo: O que é tanatofobia e quais são os sintomas dessa doença?

    O que é necropsia?

    A necropsia é uma ação que está localizada na área da tanatologia, ou seja, é um dos objetos de estudo e uma das áreas de atuação envolvidos pela tanatologia.

    Segundo o Dicionário Online de Língua Portuguesa:

    Necropsia é “exame minucioso que, sendo realizado por um especialista, é feito no corpo de uma pessoa morta, buscando encontrar o momento e a causa de sua morte; exame médico realizado num cadáver.”

    Assim, esse termo está bem distante do significado de necrologia, não tem nada a ver com texto, ou meio editorial, ou o anúncio da morte, mas sim relaciona-se a técnicas exatas e fundamentadas de exame médico/biológico aplicado em um corpo cuja morte já foi constatada.

    Aprofunde-se no assunto lendo o artigo a seguir: Qual a diferença entre autópsia e necropsia?

    Comunicação não-violenta. Por Andrea Yaghdjian. > OCI ...
    Ilustração sobre o poder das palavras.

    Significados da morte e do morrer

    Quanto mais nos dedicamos a mergulhar na Língua Portuguesa, mais encantados ficamos com os detalhes e as aplicações das palavras que encontramos no nosso cotidiano. Averiguar a origem e os sentidos das palavras é um movimento de identidade cultural.

    Entender a morte e as maneiras históricas de descrevê-la e de lidar com esse fato universal e atemporal é também uma maneira de entender a cultura em que estamos inseridos.

    O significado de necrologia tem sua construção cultural e compreendê-lo nos permite aproximar da inescapabilidade da morte, encarando-a com mais naturalidade e enfrentando os medos e tabus que cercam o assunto.

    Claro que morrer não está nos planos de ninguém, amamos a vida e que assim seja. Mas nos permitir relacionar com temas que estão inseridos nos campos das palavras escritas com “necro-” e “tanato-” nos fortalece e muito para o irrevogável momento de encarar a própria ou as fases do luto.

    É para isso que serve este artigo, e esperamos que ele tenha cumprido seu objetivo! Navegue pelo nosso blog e aventure-se a encarar a morte e seus mistérios pela percepção dos vivos, enquanto ainda pode!

    Confira um artigo dentro da temática das palavras que pode ser de seu interesse: Palavras de conforto para encontrar a paz.

    Deixe um comentário