Central de atendimento 24h
(011) 4780-5608

Túmulos de famosos: confira os 15 mais visitados do Brasil

Conheça os 15 túmulos de famosos mais visitados do Brasil, que atraem milhares de fãs todos os anos e são bem bonitos!

Amor e admiração são sentimentos inexplicáveis, os fãs apaixonados por qualquer pessoa que o digam!

Amor de fã é aquele que tudo supera em prol de tentar ficar um pouco mais próximo daquele que o tocou de alguma forma com sua arte e com o seu talento. Seja no esporte, no cinema, na literatura ou na televisão.

Nada pode ser mais triste para um fã do que a perda de um ídolo. Afinal, é difícil para a família que era apegada e próxima, então, imagine aos fãs que recebem a triste notícia e que não tiveram oportunidade de conhecer os seus ídolos?  

Dói muito, e as homenagens são sempre extravagantes. Elas vão de cartas quilométricas até buquês imensos de flores. Além disso, sempre há a oportunidade de conhecer os túmulos de famosos e prestar uma última homenagem.

Consulta Gratuita de Benefícios Sociais

Assim, na hora de demonstrar o amor, vale tudo. Inclusive, participar de cortejos fúnebres que podem durar horas, percorrer quilômetros e arrastar multidões. 

Afinal, quem não se lembra da comoção pela morte de Ayrton Senna, que teve um velório que arrastou milhares de brasileiros, comoveu todo Brasil e durou mais de um dia?

E mesmo com o tamanho do evento, em todo o mundo há aqueles que o admiravam e não conseguiram expressar as suas condolências pessoalmente. E é por isso que o túmulo de Ayrton é um dos mais visitados de São Paulo.

Existem vários outros túmulos de famosos bastante visitados. Um exemplo é o do cantor Cristiano Araújo, que morreu em um acidente de carro com a namorada, e foi enterrado em Goiânia.

A morte, que aconteceu em 2015, fez com que todo o Brasil chorasse com a comoção vinda dos fãs do cantor.

No Brasil, temos fãs apaixonados e muitos túmulos que valem a visita. Para conhecer os 15 túmulos de famosos mais visitados do Brasil, continue neste artigo e boa leitura!

15 túmulos de famosos mais visitados do Brasil

Nesta lista teremos artistas que ficaram famosos de diversas formas: cantores, apresentadores, poetas…

Os brasileiros são especialmente conhecidos entre artistas estrangeiros pelo seu calor e dedicação enquanto fãs. Um artista pode fazer sucesso mundialmente, mas os brasileiros se destacam pela intensidade com que admiram os seus ídolos.

O fã brasileiro não sabe uma música ou outra, ele conhece todo o repertório do artista.

Quando o alvo de todo esse amor morre, a admiração não desaparece. Ele apenas muda e se torna mais singela, respeitando o momento.

Uma dessas homenagens singelas é visitar o túmulo e levar algumas flores. Também há aqueles que deixarão cartas, cartazes e placas. Independente do presente, será muito bem vindo, desde que haja respeito.

Para conhecer os túmulos de famosos que os fãs amam visitar e adicionar ao seu roteiro de viagem, continue lendo e aproveite a nossa seleção.

Nova lápide dos Mamonas Assassinas com QR code

1.Mamonas Assassinas

A banda de rock criada em Guarulhos que foi a mais tocada do Brasil nos anos 90 e tem um som divertido e atemporal que repercute até hoje – sofreu um acidente no auge da sua carreira em 2 de março de 1996.

Benefícios Sociais - INSS

O grupo formado por 5 amigos não resistiu a um acidente aéreo de jatinho na Serra da Cantareira e os fãs perderam os 5 ídolos de uma só vez. 

O túmulo de Dinho, Samuel, Sérgio, Júlio e Bento fica em Guarulhos, no cemitério Primaveras, e recentemente teve uma nova lápide em homenagem aos rapazes inaugurada. 

Aliás, essa nova placa é interativa e por meio de QR Code os fãs podem acessar a história da banda. Isso é mais um atrativo para os fãs, que fizeram do cemitério um ponto turístico.

Homenagens na lápide de Ayrton Senna no Morumbi

2. Ayrton Senna

O piloto de Fórmula 1 que levantou a taça como campeão em 1988, 1990 e 1991 estava no auge quando, perante as câmeras e com milhares de fãs pelo mundo torcendo, sofreu um acidente em 1º de março de 1994 durante uma competição.

Na corrida ao Grande Prêmio de San Marino, na Itália, Senna colidiu com uma barreira de concreto e não conseguiu sobreviver. 

No dia anterior, Roland Ratzenberger também sofreu um acidente fatal, e a morte desses dois astros do esporte mudaram para sempre os padrões de segurança das corridas.

O túmulo de Ayrton Senna fica no Cemitério do Morumbi, na Zona Sul de São Paulo.

A lápide atrai tantas visitas e Senna era tão querido, que um jazigo próximo a seu túmulo pode custar a bagatela de R$25mil!

Aliás, Senna era famoso em todo o mundo, então é comum que se encontre fãs brasileiros e estrangeiros prestando as suas homenagens em um dos túmulos de famosos mais visitados do Brasil.

Túmulo de Hebe Camargo com presentes dos fãs

3.Hebe Camargo

Hebe foi a apresentadora mais famosa do Brasil: carismática, sabia entrevistar artistas de todos os tipos com maestria e popularizou o seu famoso selinho nos artistas, deixando a sua marca como Rainha da Televisão Brasileira.

Críticos que amam a história da televisão brasileira reconhecem Hebe Camargo como uma figura feminina de extrema importância para o entretenimento popular do nosso país.

Além disso, tenho certeza que a sua mãe e avó também adoravam as graças e o carisma de Hebe. E assim era a artista: tão plural que agradava dos críticos às donas de casa sem esforço.

Hebe faleceu em 29 de setembro de 2012 por complicações de saúde e a sua lápide no Cemitério Gethsêmani Morumbi, na Zona Sul de São Paulo, é um ponto de encontro para os fãs.

Todos querem ficar um pouquinho mais perto de Hebe e demonstrar um pouco de carinho nesse que é um dos túmulos de famosos mais bonitos do Brasil.

Túmulo de Carmem Miranda no Rio de Janeiro

4. Carmem Miranda

A cantora que representa a imagem do Brasil no exterior como um lugar quente, tropical e turístico não era 100% brasileira, mas não há quem diga que ela não faz parte da nossa legítima cultura!

A Carmem Miranda era um pouco portuguesa e muito brasileira, tanto que o seu túmulo tem a representação de suas duas nacionalidades, além de sua assinatura.

Carmem morreu por um ataque fulminante de Los Angeles, em 1955. Mais de meio milhão de pessoas acompanharam seu cortejo até o cemitério, e o ícone do Brasil na época atrai visitas até hoje no Cemitério João Batista, no Rio de Janeiro. 

Túmulo de Chico Xavier, com estátua dele junto a Nossa Senhora.

5. Chico Xavier

Chico foi um médium brasileiro que atuava em prol do amor sem fins lucrativos, no auge de sua carreira e reconhecimento. 

Um dos nomes mais importantes do espiritismo, ficou conhecido pelo seu poder de psicografar mensagens. 

Em resumo, Chico Xavier se sentava com as mãos sobre o rosto e os espíritos que precisavam se comunicar o utilizavam como instrumento para transcrever suas mensagens. 

Em um país tão preconceituoso com religiões que não seguem o padrão católico, Chico Xavier foi pioneiro e utilizou a sua fama com bom-senso, sempre buscando utilizar o seu dom para ajudar o próximo.

Seu túmulo fica em Uberaba, e conta com uma escultura incrível que o retrata no momento de trabalho – sentado e com as mãos sobre o rosto – e com Nossa Senhora o auxiliando.

A lápide é um belo presente para Minas Gerais, e quem visita o lugar não pode se despedir sem fazer uma visita nesse que é um dos túmulos de famosos mais impactantes do Brasil.

Lápide de Cazuza no Cemitério São João Batista

6. Cazuza

Cazuza foi mais que um cantor: cada letra sua era poesia e diziam muito sobre a vida de um jovem com sentimentos à flor da pele.

E foi justamente a sua sensibilidade e entrega nas letras e shows que o fez famoso. Cazuza veio do grupo Barão Vermelho e estourou para todo o Brasil com letras icônicas como O Tempo Não Pára e Bete Balanço.

Infelizmente, toda a sua efemeridade e sensibilidade se foi cedo demais.

Em 1990, quando tinha apenas 32 anos, Cazuza faleceu por conta da AIDS, vírus transmitido sexualmente que estava em alta na época.

O seu falecimento, porém, não foi em vão. A sua morte por conta desta doença serviu para a conscientização de muito sobre a letalidade dessa enfermidade.

Hoje, a sua lápide fica no Cemitério São João Batista e traz a sua frase favorita na placa: “O Tempo não Pára”.

Lápide de Elis Regina

7. Elis Regina

Elis Regina, ou Furacão Elis, foi conhecida pelo vozeirão e por se impor em uma época em que o mercado fonográfico era dominado por homens.

Com uma estatura pequena e uma voz de alto impacto da qual tinha grande controle, Elis encantou o Brasil e também outros países. A sua trajetória foi linda e os fãs até hoje cantam Como Nossos Pais emocionados.

Aliás, a forma como suas letras permanecem atuais mais de 60 anos depois mostram que Elis sempre esteve à frente de seu tempo. 

A cantora morreu em 1982 de overdose e, assim como Cazuza, sua morte serviu como exemplo de conscientização sobre o uso de drogas na época.

O seu túmulo fica no Cemitério do Morumbi, em São Paulo, e sempre está recheado de flores dos fãs.

8. Tom Jobim

Tom Jobim foi um artista de mão cheia: foi compositor, tocava piano e violino, fazia arranjos e também cantava.

Hoje, o mundo inteiro conhece a melodia de Garota de Ipanema e Pela Luz dos Olhos Teus. Porém, Jobim não tem somente o sucesso póstumo como também aproveitou muito sua fama em vida.

Fazer uma canção que corra pelo mundo não é fácil hoje, porém há 80 anos era praticamente impossível, e ele alcançou esse patamar do sucesso.

Tom faleceu em 1994, em uma operação para retirada de um tumor na bexiga.

Seu túmulo fica no Rio de Janeiro, no cemitério São João Batista, e sempre recebe visitas de fãs, inclusive, sendo um dos túmulos de famosos mais visitados do Brasil.

Túmulo Clara Nunes

9. Clara Nunes

A cantora mineira Clara Nunes que fez o Brasil sambar com “O mar serenou” e encantava a todos com seu visual tropical rodou todo o país com suas canções de sucesso. 

Ao ligar a rádio nos anos 70 só se ouvia seu tom suave irradiar do aparelho, e é por isso que sempre recebe homenagens em seu túmulo – que também fica no Cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro.

A sereia Clara Nunes faleceu em 1983 ao fazer uma cirurgia de varizes que a fez sofrer um choque anafilático. Após 28 dias internada, veio a falecer.

Lápide do cantor sertanejo Cristiano Araújo

10. Cristiano Araújo

O cantor sertanejo que fez um sucesso estrondoso em Goiânia e Região comoveu todo o Brasil com sua morte em 2015.

O sucesso do cantor era apenas regional, mas com a enorme comoção dos fãs pelo seu enterro, todo o Brasil ficou curioso em saber quem era esse rapaz tão talentoso que morreu em um acidente junto com a namorada. 

Assim, Cristiano Araújo foi para o coração do público: após a sua morte, as suas músicas como Caso Indefinido e Você Mudou entraram para as paradas das mais tocadas em todo país.

O seu túmulo – que fica no Cemitério Jardim das Palmeiras, em Goiânia – é sempre visitado por caravanas de outros estados e está sempre coberto por flores e presentes. 

Lápide do cantor sertanejo Leandro

11. Leandro

Leandro – da dupla Leandro e Leonardo – fez sucesso por todo o Brasil com seu irmão e, infelizmente, nos deixou cedo demais.

O cantor e compositor faleceu em 1998, aos 37 anos, com falência múltipla dos órgãos. Todos os cantores sertanejos da época ficaram comovidos e mais de 25 mil fãs participaram do velório para dar o último adeus a Leandro.

O túmulo fica em Goiânia, no Cemitério Parque Jardim das Palmeiras.

Apesar da morte precoce, músicas como “Não aprendi a dizer adeus” são conhecidas do grande público e continuam sendo relembradas até hoje, além de ainda fazerem parte das trilhas de filmes e novelas.

Lápide de Raul Seixas 

12. Raul Seixas

O maluco beleza, Raul Seixas, foi pioneiro do rock no Brasil e suas letras impactaram toda uma geração de fãs.

Os alternativos que não se encaixavam no padrão MPB da época se apegavam a suas músicas e, com sua morte, ficaram desamparados. 

O cantor faleceu em 1989 por uma pancreatite aguda. Sua morte aos 44 anos foi causada devido a problemas com o alcoolismo, que atingiram os pâncreas e resultou na morte pela doença. 

O túmulo é bem discreto e fica no Jardim da Saudade, em Salvador.

Túmulo de Vinicius de Moraes

13. Vinicius de Moraes

Poeta, dramaturgo, diplomata… Vinicius de Moraes foi um expoente da arte no Brasil. Seus textos eram líricos, emocionaram e ainda emocionam aqueles que se permitem sentir suas palavras.

Letras como “O soneto da fidelidade” ainda são utilizadas em declarações de amor e isso é tudo que Vinicius adoraria que seus textos tivessem se tornado: uma forma de expressar carinho.

O amante das palavras morreu de edema pulmonar em 1980, aos 66 anos, e seu túmulo fica no Cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro, sendo uns dos túmulos de famosos mais visitado da cidade.

Túmulo de Dorival Caymmi

14. Dorival Caymmi

O compositor baiano representou muito bem sua descendência ao representar o povo da Bahia em suas letras.

Suíte do Pescador e Retirantes são grandes obras do cantor que rodaram todo o Brasil e o fizeram conhecidos dentro e fora do país. 

Perdemos o cantor em 2008 por insuficiência renal e falência múltipla dos órgãos. Ele morreu em casa, no bairro de Copacabana, junto de sua família, aos 94 anos.

Seu túmulo fica também no Cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro.

Túmulo de Nelson Gonçalves

15. Nelson Gonçalves 

O cantor e compositor foi o segundo a mais vender discos na história do país, com 79 milhões de cópias vendidas.

Com seu sucesso “A volta do Boêmio”, seu talento foi reconhecido não só pelo Brasil mas também pelo exterior. E assim, seu nome sempre é citado entre os maiores artistas brasileiros que já pudemos prestigiar. 

O cantor faleceu em 1998, com 78 anos, por um infarto.

Sua lápide é sempre procurada por turistas e locais, e fica no Cemitério São João Batista, no Rio de Janeiro.

E você, já visitou alguma lápide famosa? Você acha que faltou alguém nessa lista de túmulos de famosos? Deixe aqui nos comentários sua opinião, vamos adorar saber!

Deixe um comentário